Press Release
 
BALANÇO DA EXPOMUSIC REGIONAL RECIFE
A REGIONAL RECIFE REFORÇOU PARCERIAS COMERCIAIS E MARCOU A NECESSIDADE DE ESTRATÉGICA DE EXPANSÃO DA FEIRA.

Credenciamento movimentado, visitas nos estandes, conversas no corredor, experimentações em instrumentos e muitos negócios representam a síntese da Expomusic Regional Recife, que agitou a capital pernambucana de 18 a 20 de maio. Lojistas, profissionais da música, luthiers, empresários do ramo de instalação, sonorização, produtores, donos de estúdio e estudantes da área circularam no salão Cícero Dias, do Mar Hotel Conventions Boa Viagem, no bairro mais turístico da cidade.

A Francal Feiras e a Associação Brasileira de Música (Abemúsica) organizam as diferentes Expomusic e, depois de 34 edições do evento nacional, inovam com o modelo regional voltado para os negócios, mas com abertura para receber os interessados pelo setor, como músicos amadores e profissionais, estudantes, técnicos e outros. “A nossa experiência de trazer para a região Nordeste a Expomusic Regional Recife foi muito boa, principalmente pela parceria com os expositores e representantes, lojistas, profissionais do setor e consumidores, que movimentam a cadeia”, avaliou a gerente de negócios da Francal, Maria Amélia Abdala.

O presidente da Abemúsica, Synésio Batista da Costa, seguiu a mesma linha de raciocínio, nos diferentes momentos em que trocou ideias com expositores e músicos, no decorrer do evento. “Nosso País tem um mercado em expansão e nós precisamos levar a Expomusic Regional para novas praças”, apostou.

Entre os expositores, muitos negócios fechados e novos contatos com clientes da região. A Tagima / Nagano é um exemplo, de acordo com Mychel Nishimura. “Nós acreditamos no formato e os clientes compareceram. Fechamos novos pedidos e gostamos do formato”, analisou. A opinião de Mateus Andalecio, da Tiaflex, segue na mesma linha. “O formato é muito agradável, possibilita ouvir o cliente com mais tranquilidade. Esse tipo de diálogo é prejudicado em feiras maiores”, opina.

O gerente da Santana Centro, Rodrigo Matos, faz um balanço positivo da participação da distribuidora de equipamentos de áudio e acessórios. “Fizemos novos negócios e estreitamos nosso contato com velhos clientes. Isso é ótimo”, disse. O diretor da Pride Music, Marcos Brandão, considerou superada a expectativa inicial para a feira. “Recebemos a visita dos nossos principais clientes e conseguimos fechar novas vendas”, avaliou.

A Expomusic Regional Recife focou nos negócios e nas experimentações dos lançamentos, mas também patrocinou momentos de interação menos formal. Um happy hour entre os expositores, seus convidados e nomes de destaque no setor proporcionou conversas e troca de ideias ao som de uma boa música. O evento serviu também como contraprova da versatilidade de instrumentos, acessórios e equipamentos de áudio. A música Bia Villa-Chan, por exemplo, testou a pedaleira da Zoom, lançamento na feira, no seu bandolim Godin.

A Expomusic Regional Recife promoveu o sorteio de dois iphones 8, com 64 GB de memória, entre os lojistas que fecharam negócios no evento. A estrela favoreceu Pernambuco: Alexandre Marques da Silva, da C. Eletrônica, de Palmares, e Rogério Ribeiro dos Santos, da Segredo Musical, do Recife, têm seus motivos para agradecer a influência da força positiva.

O formato da regional foi aprovado por todos e os pernambucanos estão desde já torcendo por uma segunda edição da Expomusic Regional Recife.




Data: 21/05/2018

Expomusic Regional Recife:
Dias 18 e 19 das 10h às 19h e, no dia 20, das 10h às 16h.
Mar Hotel Recife Conventions Boa Viagem
Rua Barão de Souza Leão, 451 – Boa Viagem
www.expomusic.com.br
* Estrela Assessoria de Comunicação Expomusic Regional Recife * Celso Calheiros – 81-99139-8866