Press Release
 
PRESIDENTE DA ABRINQ DIZ QUE BRINQUEDO “É UMA CAUSA”
SYNÉSIO BATISTA DA COSTA DISSE, EM REUNIÃO COM EXPOSITORES DA ABRIN, QUE ASSOCIADOS DA ENTIDADE PRECISAM MUDAR O FOCO PARA PRODUTIVIDADE E COMPETITIVIDADE, COMO FORMA DE ENFRENTAR AS DIFICULDADES DO SETOR.
“O brinquedo é desconectado desses problemas econômicos, vai direto ao coração”, observou Synésio Batista da Costa, para quem é preciso que os expositores e associados enfatizem para as famílias a importância do brincar, uma preocupação unânime entre as 23 entidades do setor existentes no mundo, segundo ele. “Estamos pensando na criação do Instituto Brasileiro do Direito do Brincar, para encabeçar campanhas de incentivo à importância do brincar, do entretenimento para a criança.”

Aires Fernandes, diretor de Marketing da Estrela, acrescentou que o brinquedo educa, desenvolve e sociabiliza a criança. “Hoje as famílias estão utilizando como babás a televisão ligada na Internet, celulares e tablets como forma de distração da criança.”.

Dificuldades à parte, as importações caíram 47% e isso significou, de acordo com Synésio Batista da Costa, “uma injeção na veia da indústria nacional”, por conta do aumento de pedidos. Nos últimos anos, a indústria do brinquedo conseguiu manter crescimento continuado, e nos cálculos do presidente da ABRINQ, deve ter fechado 2016 com crescimento de 11%.

E a ABRIN, que este ano reúne 130 expositores em 27 mil m2, reforça a associação, é a plataforma completa do mercado de brinquedos e puericultura, onde acontecem os grandes lançamentos que movimentam os negócios do setor durante todo o ano. Para incrementar e ampliar as oportunidades de negócios para seus expositores, neste ano a feira realiza pela primeira vez as Rodadas de Negócios.

Trata-se de um conjunto de reuniões pré-agendadas entre compradores, convidados pela organização da feira, e expositores. As reuniões acontecem fora dos estandes, num ambiente reservado e exclusivo, e não tem qualquer custo adicional para as empresas interessadas. “As Rodadas reforçam o papel estratégico que a feira tem para o setor. “

Lojas de brinquedos, bazares, papelarias e supermercados de cidades localizadas num raio de 300 km da cidade de São Paulo estão sendo convidados a visitar a feira, com as despesas de transporte e alimentação subsidiadas pelo evento. O projeto é feito em parceria com Associações Comerciais e CDL´s – Câmaras de Dirigentes Lojistas dos municípios.

Os lojistas e visitantes contarão, ainda, com a Abrin Talks e Oficinas de Lançamentos, cuja programação aborda temas relevantes e estratégicos para o setor, entre tendências, branding e gestão de finanças, além de abrir espaço para demonstração prática dos diferenciais de novos produtos


Sobre a Abrinq

A Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos - ABRINQ é uma entidade de classe de representação oficial da indústria e do setor de brinquedos. Mais de 95% da produção nacional é afiliada à entidade. A ABRINQ promove anualmente a ABRIN, Feira Internacional de Brinquedos e Puericultura, que é considerada o maior evento do setor de brinquedos da América Latina.



Data: 22/02/2017

Primeira Página